NOTA SOBRE O ATRASO DOS PAGAMENTOS DAS AÇÕES AJUÍZADAS PELOS HOSPITAIS

A Federação das Santas Casas e Hospitais Beneficentes, Religiosos e Filantrópicos do Rio Grande do Sul, entidade de classe que representa os 271 hospitais sem fins lucrativos do Estado, recebe com muita preocupação a notícia de que a Secretaria Estadual da Saúde não cumprirá as determinações judiciais acerca dos pagamentos por serviços prestados por estas Casas de Saúde.

 

Compreendemos o delicado cenário financeiro do Estado, porém, a situação já delicada dos hospitais filantrópicos, tende a se agravar. Além destes 64 hospitais que propuseram ação judicial e receberão somente após a quitação da folha de servidores do Estado, o restante – que não ajuizou ação – não tem previsão de recebimento.

 

A Federação espera que ações emergenciais do Governo do Estado sejam tomadas, evitando o agravamento da situação dos Hospitais e, acima de tudo, que não prejudique ainda mais o atendimento à saúde dos gaúchos.